I has a Dingoo!

Finalmente! Depois de um mês de espera o meu presente de aniversário, um Dingoo Digital A320, chegou em casa. Um review mais completo segue mais tarde, por enquanto deixo aqui algumas rápidas impressões iniciais:

Qualidade: Tomei um susto quando liguei o console. Linhas e barras avermelhadas dançavam sobre a imagem na tela, me fazendo suspeitar de um LCD com defeito. Mas logo percebi que na verdade era mau-contato, causado por um parafuso na traseira que não havia sido apertado o suficiente. Uma chave philips e 2 minutos depois tudo estava bem. No geral o Dingoo é leve, pequeno, sólido e com bons controles, mas não sou fã dos gatilhos (L e R).

Emuladores: Rodei jogos de CPS1, CPS2 e Gameboy Advance, e nesse quesito ele é perfeito. Não testei o emulador de SNES (que dizem ser fraco) e o de Megadrive tem uma infinidade de problemas gráficos que tornam jogos como Sonic impossíveis de jogar. Há uma versão atualizada num fórum que corrige os problemas. Ainda assim, no caso do console da Sega dá pra melhorar em compatibilidade e desempenho da emulação. Usar o Picodrive no Linux (Dingux) é uma alternativa.

Software: Tenha em mãos uma máquina com o Windows XP (XP, nada de Vista, 7, OS X ou Linux) se quiser usar ferramentas oficiais como o “unbricker” (para formatar o console e restaurar o firmware) ou atualizador de firmware. Meu Dingoo tinha a Flash interna não particionada e ela não montava como um pendrive de jeito nenhum, não importava o OS do micro. Formatei no Linux, mas aí o console não enxergava os arquivos lá dentro. A solução foi rodar o unbricker para restaurar o console. A partir daí, tudo bem.

Até o review sair, fiquem com uma foto do Dingoo fazendo o que sabe fazer melhor, emular outros consoles. Se tiverem perguntas sobre o aparelho, podem deixá-las nos comentários.

Portátil chinês se destaca pelos emuladores

16 thoughts on “I has a Dingoo!

  1. valeu!
    ei cara tow esperando o teu review.
    quando fizer diz qual o firmware q vc instalou e o que melhorou se vc teve algum problema pra instalar…
    valeu!

    • Stanley, o meu Dingoo veio com o firmware 1.1, o mais recente. Reinstalei para resolver o problema com o particionamento da memória interna, mencionado no texto. O único problema que tive foi achar um micro com o Windows XP pra fazer o serviço, já que o utilitário não roda no Vista e não há ferramentas equivalentes para o Linux ou OS X.

  2. rafael vc já instalou o dingux no seu?
    essa questão do dual boot… quando vc liga o dingoo, vc tem que escolher se quer iniciar no dingux ou iniciar normalmente?
    e os emus de mega e snes tão rodando legal no dingux?
    ainda não recebi o meu, tow ansioso pra caralho…

    • Stanley, ainda não tive tempo de instalar o Dingux e testar os emuladores lá. Na hora que você liga o console, o logo do Dingux aparece na tela, antes da patinha do Dingoo. Nessa hora é só apertar Select e ele boota o Linux. Senão ele vai pro firmware original.

  3. Falaram muito bem da compatibilidade para rodar videos nele.

    A tela é boa/grande o suficiente pra assistir um longa? É exagero ver algo com legendas?

    Não me recordo, ele tem TV out?

    Queria comprar mais pela possibilidade dos vídeos e ter um dispositivo que fosse possível ligar em TVs diversas pra rodar Divx.

    • Cabelo, ainda não fiz um teste detalhado com vídeos. A tela tem 2.8 polegadas, olhe pra um N95 8GB e você vai ter uma boa idéia do tamanho e resolução. Ele tem TV Out, e solta imagem em NTSC ou PAL, 16:9 ou 4:3. Num teste rápido, tanto um episódio de Gundam 00 quanto um documentário da BBC (ambos em DiVX, 640×480) rodaram muito bem.

    • Oi Rodrigo. O Dingux ainda não está pronto para substituir o firmware oficial (o autor nem dá esta opção), então ele fica em Dual-Boot. Os alto-falantes internos tem volume mas deixam a desejar em clareza, mas com fones não há problemas. A “pegada” é muito parecida com a do DS Lite, com alguns probleminhas como a posição dos gatilhos e do plugue de fone de ouvido (no meio da lateral direita, contrariando o bom-senso).

  4. Olá!

    Acabei de ver no site da Dealextreme que ele tem duas versões: preto e branco. A versão da cor preta é mais barata. Alguma razão em especial para isso? Diferença no hardware?

    Dizem lá também que ele não deixa que apertem os botões Y + B simultaneamente (mas isso é corrigido no Dingux)

    Também dizendo que a emulação do SNES é ruim, mas que é corrigida também no Dingux.

    Tem como testar ele com esse Dingux e ver se ele realmente é bom e compensa a sua utilização ao invés do firmware original?

    E a importação? Vi que ele custa aprox. 82 dólares. Você teve algum problema na receita federal?

    Desculpa tantas perguntas, mas acho que esse gadget tem potencial para vários posts ou um post MUITO bom. 🙂

    []’s

    • Anonymous, a única diferença entre os modelos preto e branco é o visual. Não sei o motivo da variação do preço, talvez plástico preto custe menos. O bug dos botões existe, mas não é hardware, é firmware. Afeta mais os jogos de SNES, e como o emulador padrão de SNES é ruim, jogar com o SNES9X no Dingux resolve o problema.

      Vou testar o Dingux assim que tiver uma horinha livre pra fazer a coisa com calma e documentar o processo. Mas, como falei pro Rodrigo, ele não substitui o firmware original (ainda não está maduro o suficiente para isso) e fica em Dual-Boot. Quanto à importação, paguei R$ 38 de imposto, mas isso pode variar: já ouvi falar de gente que pagou R$ 100, já ouvi falar de gente que pagou nada.

      Suas outras perguntas serão respondidas no review, aguente firme 🙂

  5. Oie,

    esqueci de perguntar outras coisas:

    1. Usabilidade: ele é confortável? Dá pra jogar bem jogos de luta e adventure com ele?

    2. O LCD é bom? Tem uma boa resolução? É bom de se jogar com ele em lugares iluminados?

    3. O emulador de SNES realmente é muito ruim? Dá pra ver se ele roda Zelda decentemente? :]

    4. Ele suja fácil? Só tem da cor branca?

    5. Quem sabe mais no futuro, você possa tentar uns dos vários mods que existem pra ele e dizer como é que foi… 🙂

    []’s

  6. Olá!

    Eu ouvi falar com o Dingoo tinha 2 problemas básicos: um bug dos botões X e Y (acho) que impossibilitava de fazer um movimento no jogo Megaman (você pode achar isso na net); e o botão direcional, que não é lá muito confortável (inclusive já vi um mod em cima dela para torná-lo melhor).

    Se você pudesse comentar sobre estas duas coisas seria legal.

    []’s

Leave a Reply to Sturaro Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *