Seu Nintendo DS não liga? Troque o fusível!

Mais uma peça de “sucata” caiu em minhas mãos recentemente: um Nintendo DS (o modelo original, prata, conhecido como “DS Phat”) que simplesmente se recusava a ligar ou carregar a bateria. Depois de verificar que tanto o carregador quanto a bateria estavam OK, restava abrir o console para identificar o problema. Como não vi nenhum dano óbvio apelei para “São Google”, onde encontrei em poucos cliques a possível causa para o problema: um fusível aberto.

Read the rest of this entry »

Do arcade para o (micro) console

Pouco mais de quatro anos atrás, durante um raro período de férias, decidi tocar um projeto: criar minha própria máquina de arcade, recheada com os meus jogos favoritos. Comprei o hardware e fiz algumas experiências, mas no final de contas acabei mudando de idéia no meio do caminho, e o que seria um arcade virou um Media Center que, após algumas iterações e upgrades de hardware, está em uso até hoje.

Minha primeira experiência com o Arcade

Mas a idéia do “arcade” não morreu: na verdade ela vem “fermentando” ao longo dos anos, e por restrições de orçamento e espaço se transformou em um console. E nesse tempo avanços no hardware e software tornaram possível fazer algo do jeito que sonhei: uma máquina com o tamanho e o comportamento de um videogame. Nada de intermináveis listas de ROMs que tem que ser navegadas com teclado, quero uma interface organizada (de preferência automaticamente) e bonita, controlada apenas com um gamepad, em uma máquina que não destoe dos outros componentes do meu rack e, melhor, não soe como um helicóptero decolando quando ligada.

Read the rest of this entry »

Gameloft anuncia data de lançamento de Modern Combat 5

Finalmente o mistério acabou! A Gameloft anunciou nesta quinta-feira a data de lançamento de seu mais novo shooter, Modern Combat 5: Blackout. O jogo sai em 24 de Julho, simultâneamente para iOS e Android. E quem tem um Windows Phone não deve se preocupar: fui informado de que a empresa está fazendo “o máximo” para que a versão para a plataforma da Microsoft saia no mesmo dia ou, na pior das hipóteses, não muito depois.

MC5_Poster_Veneza-500px

Vi uma versão beta do jogo em ação algum tempo atrás, e os gráficos (que já eram bons em Modern Combat 4) são impressionantes. A jogabilidade também mudou, com missões divididas em episódios mais curtos (e ainda assim cheios de ação), a possibilidade de escolher classes para os personagens (com missões específicas) e novos modos de jogo multiplayer.

Modern Combat 5: Blackout custará US$ 6,99 (cerca de R$ 15,50), como os outros jogos da série, e a princípio não terá IAP (compras dentro do jogo). Se você quer um gostinho do jogo assista ao trailer abaixo, que mostra a primeira missão, em Veneza.

ASUS atualiza o FonePad 7 para o Android 4.4

A ASUS anunciou via press-release que a atualização do phablet FonePad 7 para o Android 4.4 “KitKat” já está disponível. Ela é feita via OTA (download no próprio aparelho), e os usuários deverão receber uma notificação na tela do tablet assim que ela estiver pronta para ser instalada.

Pra quem não conhece, o FonePad 7 é um tablet Android com tela de 7″ que também faz e recebe chamadas (e mensagens) como um smartphone comum. No meu review do FonePad 7, publicado em março deste ano na PCWorld, destaquei o bom desempenho (graças ao processador Dual-Core Intel Atom Z2560) e a boa autonomia de bateria.

[REVIEW] Xperia C é bonitinho, mas tem memória curta

Um tempo atrás eu recebi para review um Xperia C, um smartphone 3G Dual-SIM da Sony, mas acabei não falando muito sobre ele. A princípio ele parece um smartphone interessante: tem um design bonito, que de frente lembra o Xperia Z1 embora seja todo feito de plástico, e uma tela de 5 polegadas (com resolução de 540 x 960 pixels) que tem boa qualidade de imagem.

XperiaC_Abre-500px

O processador quad-core de 1,2 GHz (MediaTek MT6589) acompanhado por 1 GB de RAM tem desempenho bom o bastante para as tarefas do dia-a-dia, embora em benchmarks como o AnTuTu o Xperia C tenha sido cerca de 20% mais lento do que concorrentes como o Moto G.

O sistema operacional, o Android 4.2.2, não é a versão mais recente, mas ao mesmo tempo não é antigo o bastante para causar incômodos. E a autonomia de bateria, como é “de praxe” nos aparelhos recentes da Sony, agradou bastante: sob uso típico com apenas um SIM Card cheguei ao fim de quase 13 horas de uso com 56% de bateria restantes.

A câmera traseira tem um sensor de 8 MP e flash, o que a princípio deveria ser um ponto de destaque. Mas fiquei desapontado com a qualidade das fotos: são mais escuras do que deveriam e tem bastante ruído, o que leva à perda de detalhes. A câmera frontal (com resolução VGA) não se sai melhor: as imagens tem cores não naturais, perdem detalhes e exibem um forte efeito de “pintura a óleo”.

Read the rest of this entry »

Animação de boot do Android L para o Motorola RAZR MAXX

Com o lançamento do preview para desenvolvedores do Android L, não demorou para que vários componentes do sistema fossem desmembrados e espalhados pela internet. Nesta thread no XDA Developers você pode encontrar alguns dos novos apps, papéis de parede, ringtones e alarmes, fontes e até a animação de boot, que é mostrada ao ligar o smartphone, enquanto o sistema carrega.

Só por farra, adaptei a animação de boot para a tela do RAZR MAXX, e ela deve funcionar também em qualquer smartphone com uma tela da mesma resolução (540 x 960 pixels). Para usá-la você vai precisar de um smartphone com root, no caso do MAXX siga as instruções aqui.

AndroidL_Boot_Abre-500px

Read the rest of this entry »

Carregadores piratas são uma armadilha mortal

Sheryl Anne Aldeguer, uma enfermeira de 28 anos, morreu nesta semana na Austrália após ser eletrocutada pelo carregador pirata de seu iPhone: o acessório falhou e permitiu que 240 volts passassem pelo corpo dela. Infelizmente ela não foi a primeira vítima: em julho passado o caso da aeromoça chinesa Ma Ailun, de 23 anos, chamou a atenção da imprensa internacional após ela ter sido eletrocutada ao atender uma chamada em um iPhone 5 ligado a um carregador pirata. E em novembro passado foi a vez de um homem de 28 anos na Tailândia. Adivinhem como ele estava carregando o smartphone?.

Carregador_Pirata-500px
Crédito: Ken Shirriff

Read the rest of this entry »

[REVIEW] Controle de 6 botões para o Mega Drive

Quem tem consoles antigos sabe como é difícil encontrar controles em boas condições, ainda mais por um preço decente. Felizmente quem curte o Mega Drive tem uma boa opção nestes controles de 6 botões que encontrei no DealExtreme, por indicação do amigo FRS.

São quase idênticos ao Six Button Control Pad / 6 Button Arcade Pad original: o formato é o mesmo (provavelmente o molde foi copiado) e as diferenças mais óbvias são cosméticas: todos os botões são pretos (no original X, Y, Z e Start são cinza), não há o logo da SEGA e a palavra START é moldada no plástico acima do botão, em vez de impressa em branco abaixo dele.

6Button_Fechado-800px

Read the rest of this entry »

O que há de realmente importante no “Android L”?

Usar sobremesas como codinome das versões do Android é uma tradição da Google, tanto que até os consumidores adotaram a prática: é mais fácil ouvir alguém perguntando se um smartphone “roda o KitKat” do que se “roda o Android 4.4″. Foi por isso que estranhei quando a Google apresentou nesta quarta-feira uma nova versão do Android (5.0) chamada Android L [1].

Também estranhei o fato dela estar disponível inicialmente como um preview para os desenvolvedores, e só mais tarde (“no outono” no hemisfério norte, ou seja, entre setembro e dezembro) para os consumidores. Talvez isso esteja acontecendo porque o Android L será a base para nada menos do que quatro plataformas de hardware diferentes (smartphones e tablets, TVs, wearables e carros), e a Google quer se certificar de que os desenvolvedores terão tempo de preparar e testar seus apps em cada uma delas.

AndroidL_Preview-500px

Fonte: Google

Read the rest of this entry »

E a Google entra no mercado de… videogames!

Com o anúncio da plataforma Android TV nesta quarta-feira, podemos dizer que a Google está entrando oficialmente no mercado de consoles de videogame. Duvida? Observem as fotos neste hands-on do The Verge: os jogos não só tem um espaço dedicado na tela inicial do sistema, como há um gamepad oficial, aliás muito parecido com o Xbox 360, com alavancas analógicas, direcionais, botões de ação e gatilhos.

A Gameloft (que nunca perde uma chance, onde quer que seja) já anunciou nove jogos otimizados para a plataforma, e não duvide de que outros desenvolvedores seguirão em breve. Se eu fosse a Sony, Nintendo ou Microsoft, ficaria de olhos MUITO abertos: se “pegar”, a Android TV tem o potencial para fazer no mercado de consoles um estrago similar ao que os smartphones fizeram no de portáteis.

Read the rest of this entry »